«A serenidade espiritual é o fruto máximo da justiça»
Epicuro
«Conhece-te a ti próprio e tu conhecerás o Universo e os Deuses»
Templo de Apolo em Delphos

Virgens Negras - Uma ponte do culto de Ísis ao culto Mariano - Grande Ordem Egipcia - Altos Graus do Rito Memphis Misraim - Maçonaria Filosófica

Virgens Negras - Uma ponte do culto de Ísis ao culto Mariano 

“Eu sou negra, mas sou bela, oh! Filhas de Jerusalém como tabernáculos do Cedar, como as tendas de Salomão”. Vers. 4o do cap. I do Cântico dos Cânticos 

Desde os tempos primordiais a Humanidade tende a louvar o desconhecido, as forças da vida, os astros do céu, o fogo da terra, a água dos rios e dos mares, os ventos que sopram. No fundo os Elementos que formam o Mundo. 

Congresso da Grande Ordem Egípcia do Grande Oriente de França. Altos Graus

Grande_Oriente_de_França.jpg

A Grande Ordem Egípcia – Altos Graus do Rito Antigo e Primitivo de Memphis Misraim em Portugal, esteve presente para o Congresso da Grande Ordem Egípcia do Grande Oriente de França, que se realizou em Paris, no Palácio Maçónico, no passado dia 13 de maio 2023.

15 anos do Rito Antigo e Primitivo Memphis Misraim na Maçonaria Portuguesa.

Faz 15 anos que instalámos pela primeira vez em Portugal, o Rito Antigo e Primitivo Memphis Misraim.

Em 3 de maio de 2008 (e.v.) levantou Colunas da primeira Loja Maçonica do Rito Antigo e Primitivo Memphis Misraim no nosso pais,. através da Resp:. Loja Phoenix da Grande Loja Simbólica de Portugal.

E a Maçonaria Portuguesa nunca mais foi a mesma.

Alquimia Espiritual - Grande Ordem Egipcia - Altos Graus do Rito Antigo e Primitivo Memphis Misraim - Maçonaria Portuguesa

 alquimia_asas111.webp

Nascidos numa época de elevada materialidade nem sempre nos é fácil retirar os Véus e Ver...

Não nos iremos debruçar sobre os limites dos sentidos de percepção e aquisição de conhecimentos dos nossos corpos físicos que são facilmente ultrapassáveis pelos de vários animais, sendo o mais evidente o do faro dos cães, pois iremos antes meditar sobre a forma de os retirar ou, pelo menos, tentar espreitar para além desses Véus.

Revista FANZINE - nº4, junho de 2021

 fanzine n4

A presente pandemia abalou o edifício do Antigo Mundo até às suas fundações, pondo a nu outras doenças patogénicas da Justiça da Cidade, que permaneciam escondidas nestas Sociedades contemporâneas, angustiadas e desencantadas. Agora, quando nas mais densas trevas volta a brilhar a Luz da Esperança, alimentada pelas janelas que a Ciência e a Razão possibilitaram abrir, importa tirarmos as devidas ilações, que nos permitam retificar o Projeto, e retomar a Construção.

 A Revista FANZINE, nº4 "reconstrução"  de Junho 2021, pode ser encontrada aqui